.
Newsletter - março de 2017
Missão


Promover a produção, o compartilhamento e a disseminação de conhecimentos técnicos aplicados ao setor elétrico, como indutor da qualidade de vida sustentável.
Visão

Ser reconhecido nacional e internacionalmente como referência na produção e na gestão do conhecimento técnico aplicado ao setor elétrico, assim como, na articulação entre todos os seus agentes.

Valores


Competência Técnica; Ética;
Transparência e Imparcialidade; Crescimento e Valorização dos Associados; Trabalho Voluntário com Profissionalismo.
Fóruns do CIGRÉ-Brasil
Definida como prioridade no CIGRÉ Session Paris 2016, a criação de espaços para a articulação e fortalecimento das mulheres e dos jovens que já participam da rede CIGRÉ ou que atuam de alguma maneira no setor elétrico tem sido foco importante de atenção.
I Fórum das Mulheres
I Fórum da Juventude
No dia 8 de março, divulgamos na nossa página de facebook, o vídeo que foi produzido em um dos encontros do Women's Network do CIGRÉ UK e que pode, também, ser acessado por este link.

Além de apoiar o coro feminino no Dia Internacional da Mulher, entendemos que o debate proposto pelo UK Women's Network é uma forma de aquecermos o nosso próprio debate e de começarmos a nos inteirar do que vem sendo discutido, desde a Bienal 2014, do CIGRE Women Engineers Forum 2015, em Nanjin - China e o citado Women’s Network in Cigre UK.

Nessas ocasiões, os relatos de diferentes engenheiras sobre suas trajetórias no setor elétrico têm inspirado debates sobre como apoiar a participação feminina, nesse contexto. Têm-se buscado, também, estratégias de encorajamento pela carreira que começam na escola e nas universidades e se desdobram no mundo do trabalho, daí as proposições em torno do mentoring ou tutoria e o esforço de se promover a formação de trabalho em rede, no setor.

Entre os associados do CIGRÉ-Brasil, apenas 11% são mulheres. O quadro, no entanto, fica
Para além do esforço que o CIGRÉ tem feito para a criação de um Fundo Universitário e a ampliação do número de sócios estudantes, a criação do Fórum da Juventude e seu possível desdobramento em um comitê Jovem Membro CIGRÉ-Brasil que conte com estrutura própria, têm o propósito de sensibilizar os(as) jovens univeritários(as) e os(as) novo(as) profissionais quanto ao funcionamento e a importância da instituição como complementação da sua formação e como formação continuada do setor elétrico.

Entre os Comitês Nacionais que já contam com a participação organizada dos jovens profissionais estão os Comitês da China, da Alemanha, da Nova Zelândia, da Inglaterra e dos Estados Unidos.
Estimular a participação dos jovens profissionais nas atividades de organização e nos espaços de decisão do CIGRÉ-Brasil é o principal foco do Fórum da Juventude.

Para tanto a atual Diretoria aprovou a realização do I Fórum dos Jovens do CIGRÉ-Brasil, no dia 03 de dezembro de 2017, aproveitando a realização do International Seminar on Policies, Incentives, Technology and Regulation of Smart Grids que acontecerá entre os dias 4 e 7 de dezembro, no Rio de Janeiro.
mais animador quando percebemos que há um incremento importante da participação feminina entre os 9% de sócias individuais e os 19% de sócias estudantes.

Além disso, o Brasil se destaca pela complexidade e dimensão do setor elétrico onde atuam mulheres em diferentes posições, funções e carreiras, o que promete novidades para o I Fórum de Mulheres do CIGRÉ que acontecerá no dia 25 de outubro, durante o XXIV SNPTEE.

Comitês de Estudo do CIGRÉ-Brasil

Organizados em 16 Comitês de Estudos os Comitês Internacionais que compõem a rede CIGRÉ, distribuída em mais de 90 países, produzem e difundem conhecimento técnico, no setor elétrico.
Nessa seção, dois Coordenadores convidados apresentam os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos por seus Comitês e convidam os interessados a participar de suas atividades:


Desenvolvimento de Sistemas Elétricos e Economia


Comitê de Estudos C1

Este Comitê tem foco nos diferentes métodos para o desenvolvimento dos sistemas elétricos de potência e economia, assim como nos aspectos e métodos de planejamento nos vários contextos e no gerenciamento de ativos. Os 43 membros do Comitê participam ativamente em vários grupos de trabalho internacionais, sendo responsáveis, inclusive, pela coordenação de um desses grupos.

Uma das principais atividades a ser desenvolvidas neste ano será a definição de um grupo de trabalho nacional sobre Avaliação de Ativos do Sistema Elétrico que contará com a participação de vários outros Comitês de Estudo.

Entre os temas prioritários do Comitê de Desenvolvimento de Sistemas Elétricos e Economia, destacam-se: o planejamento da expansão da transmissão incorporando incertezas da expansão do parque gerador; o desafio da expansão considerando as características das possíveis fontes geradoras; utilização de novas tecnologias no planejamento da expansão do sistema de transmissão; o planejamento integrado da expansão dos sistemas de transmissão e distribuição; além do papel da regulação na expansão do sistema elétrico.

No próximo dia 16 de março, o Comitê realizará um workshop, no auditório Furnas, que visa apresentar e discutir questões relativas à expansão do Sistema Interligado Nacional considerando os descompassos atualmente verificados entre a implantação dos empreendimentos de geração e as instalações de transmissão necessárias ao escoamento da energia desses empreendimentos.

No evento serão expostas as três diferentes perspectivas da questão: o ponto de vista do planejamento da expansão, da operação, assim como dos agentes de transmissão e de geração de energia. Informações e inscrições pelo site do evento.

Os interessados nas demais atividades do Comitê de Estudos podem nos contatar diretamente pelo email valdson.jesus@eletrobrás.com.

Valdson Simões de Jesus - Coordenador do CE C1

Elos de Corrente Contínua e Eletrônica de Potência

O Comitê de Estudo B4

Entre os temas prioritários do CE B4, destacam-se as experiências em Múltiplas Alimentações CC ( DC multi-infeed); a concepção ou desenvolvimento de sistemas de controle para atuar em elos HVDC distintos e separados, tipo Master Control; a transmissão em longa distância com multiterminais HVDC; a nova geração dos equipamentos FACTS baseados em VSC ( Voltage Source Converters); as vantagens e desvantagens ao se comparar SVCs e STATCOMs; a atualização e recapacitação de instalações em HVDC e FACTS, no Brasil, diante do envelhecimento; assim como, a integração de usinas de energia renovável (eólicas, solar, etc.)

Entre os demais Comitês de Estudo do CIGRÉ, no CE B4, somos responsáveis pelo debate em torno das questões ligadas à Transmissão em Corrente Contínua em Alta Tensão ou HVDC (High Voltage Direct Current), assim como às questões relativas aos equipamentos baseados em eletrônica de potência, denominados internacionalmente como FACTS (Flexible AC Transmission System). Embora sejam utilizados distintamente para redes de corrente contínua e alternada, ambas tecnologias HVDC e FACTS têm em comum o uso de dispositivos semicondutores de potência que operam em níveis de tensão e corrente da ordem de kV e kA. Esses semicondutores são configurados para formarem válvulas e conversores CA/CC.

Esta é, aliás, a temática que estará em foco, nos dias 4 e 5 de abril de 2017, no Worskshop e Tutorial sobre Aplicações de HVDC e FACTS e seus Desafios no Sistema Brasileiro. O evento que conta com o patrocínio da SIEMENS, GE, NR Electric e ABB acontecerá no auditório de Furnas e contará com especialistas renomados nacional e internacionalmente. Para maiores informações, favor consultar nosso site.

O CE B4 está aberto a novos membros interessados nos nossos temas de estudo. Para tanto, basta contatar-nos pelos emails da coordenação ( ricardo.tenorio@ons.org.br) ou do Secretário Rogério Azevedo ( azevedo@cepel.br).

Ricardo Tenório - Coordenador do CE B4

Workshop Melhores Práticas de
Risco de Mercado

Organizado pelo Comitê de Estudos C5 - Mercados de Eletricidade e Regulação, o Workshop Melhores Práticas em Gestão de Risco de Mercado acontecerá em São Paulo, no auditório da CCEE, no dia 3o de março.

Nesta primeira edição do evento, serão debatidos temas atuais sobre os principais fatores de risco, assim como as práticas de cálculo e gestão de risco que vem sendo aplicadas. O objetivo é dar início à elaboração de um documento de consenso sobre as melhores práticas.

Ao longo de um dia, serão apresentadas diferentes perspectivas do atual cenário da gestão de risco de mercado no setor elétrico brasileiro: a visão regulatória / institucional, a visão das associações e agentes de mercado e, finalmente, a visão do financiador/investidor.

Com palestrantes de diferentes universidades e empresas do setores públicos e privados, o evento apresentará uma pesquisa sobre a situação atual da gestão de risco na comercialização de energ ia.

Para informações e inscrições
clique aqui.

  • Workshop - Expansão do Sistema Integrado Nacional: como atenuar descompassos entre G & T? - 16 de março – Auditório Furnas - Rio de Janeiro - RJ;

  • Workshop - Melhores Práticas em Gestão de Risco de Mercado - 30 de março – São Paulo - SP;
  • Tutorial e Workshop 2017 - Aplicações de HVDC e FACTS e seus Desafios no Sistema Brasileiro - 04 e 05 de abril - Rio de Janeiro - RJ;
  • Minicurso de Sincronismo de Redes de Telecomunicações e Automação - 11 e 12 de abril – Brasília – DF;
  • Condutores Não Convencionais. Experiência com Instalação e Desempenho em Linhas Aéreas de Transmissão - 09 e 10 de maio - Belho Horizonte - MG;
  • XVII ERIAC - Encontro Regional Ibero Americano do CIGRÉ - 21 a 25 de maio – Paraguai;
  • XII SIMPASE - Simpósio de Automação de Sistemas Elétricos - 14 a 16 de agosto - Rio de Janeiro - RJ;
  • IV SINREM -Simpósio Nacional de Regulação, Economia e Mercados de Energia Elétrica - 23 e 24 de agosto - São Paulo - SP;
  • 2017 Cigré SC B3 Colloquium - Challenges and Trends to the Next Years - 16 a 20 de setembro – Recife – PE;
  • I Fórum de Mulheres do CIGRÉ-Brasil - 25 de outubro - Curitiba - PR;

  • XXIV SNPTEE - Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica - 22 a 25 de outubro – Curitiba – PR;
  • International Seminar on Policies, Incentives, Technology and Regulation of Smart Grids - 04 a 07 de dezembro – Rio de Janeiro - RJ.
Cara associada e associado,


Março sinaliza o período de renovação da Contribuição Anual, no CIGRÉ-Brasil. Se você é sócio(a) estudante, basta nos enviar uma declaração atualizada da sua instituição de ensino. Caso seja Sócio Individual l, Individual ll, Coletivo l ou Coletivo ll, verifique se recebeu nosso e-mail com arquivo contendo o nosso boleto. Pedimos, por favor, que antes do pagamento, confirmem se está correto o CPF ou CNPJ impresso no boleto.

A Renovação Anual garante seus benefícios de assocido(a) do CIGRE-Brasil como descontos na inscrição dos eventos, o recebimento, o acesso às nossas publicações, entre outros.

Importante: nossa conta corrente mudou para Banco do Brasil, agência 3519-x, C/C 400.000-5. Somente até a primeira quinzena do mês de abril de 2017, os pagamentos realizados na antiga conta serão transferidos para a conta atual.


Aproveite a oportunidade para atualizar seus dados cadastrais e caso não tenha recebido a Revista EletroEvolução nº 86 ou deseje falar sobre assuntos referentes à gestão de associados, entre em contato com a Sra. Verônica da secretaria do CIGRÉ-Brasil, pelo e-mail secretaria@cigre.org ou pelo telefone (21) 2556-5929.


Conselho Editorial:
Antonio Simões Pires - CIGRÉ-Brasil - Eletronorte
Eduardo de Oliveira Lima - CIGRÉ-Brasil - Eletronorte
Flávia Salazar Salgado - CIGRÉ-Brasil

Henrique Oswaldo Massena Reis Junior - Eletrobrás
Natasha de Decco - CIGRÉ-Brasil
Colaboradores desta Edição:
Flávia Serran - CIGRÉ-Brasil
Gabriel Serafim Vieira - CIGRÉ-Brasil
Verônica Santos - CIGRÉ-Brasil
Facebook
Website
Ver este email no navegador
Você recebeu esse email por causa da sua relação com CIGRÉ-Brasil. Por favor, reconfirme aqui o seu interesse em receber os nossos e-mails, ou, caso não queira mais recebê-los, remova a sua inscrição aqui.
This message was sent from noticia@cigre.org.br to noticia@cigre.org.br
Praia do Flamengo, 66 - Bloco B - salas 408 a 411- Flamengo, Rio de Janeiro, RJ 22210-903, Brazil


Update Profile/Email Address | Forward Email | Report Abuse